Acabei sedendo para o amigo e ele me comeu


Olá meus amigos leitores dos contos, vou compartilhar com vocês uma história que aconteceu comigo a uns anos atrás, para começar preciso dizer que sempre fui um cara bonito, não bombado mais sarado, praticava muitos esportes inclusive futebol, tenho umas pernas grossas, uma bundinha redondinha carnuda,, era sempre assediado, mas eu tinha que manter a alinha, eu ate gostava já havia tido varias experiencias com homens mais velhos não gostava de garotos novos, não que eu não gostasse eu tinha medo deles falarem depois para outras pessoas, mas eu ficava louco de tesão no vestiários tomando banho pelado, nossa tanta rola e eu tinha que manter a linha, só que tinha o José Carlos, um cara que vivia me perseguindo, chegou ate passar a mão na minha bunda, jogávamos no mesmo time, depois eu sai do time e nunca mais eu vi, mais sempre lembrava dele, pois ele tinha uma rola grande grossa, cabeçuda, nossa uma delicia, ele era um negro mais bonitão.
Passou-se um bom tempo uns dois anos mais ou menos, como coincidência existem, eu trabalhava num empresa na Cidade como segurança, e trabalhava na escala de 12 horas a noite uma noite sim outra não, trabalhávamos em dois, ficávamos no interior da empresa em observação as câmaras de segurança, o meu colega pediu para sair, eu já trabalhava a seis anos na empresa veio um outro para substitui-lo, cheguei na empresa dei de cara com o José Carlos, era o substituto do meu colega, fiquei feliz e um pouco receoso, porque as vezes a gente fica a vontade tomamos banho juntos e sempre estamos só nos dois, logo pensei ele vai voltar a me assediar, será que eu vou segurar, nesta época eu já era casado, e sempre que tinha oportunidade eu dava meus pulinhos adoro transar anal, o melhor adoro dar a bundinha, mais muito discretamente bem enrustido, mais fiquei com medo de não resistir.


Depois de um tempo rolou um clima

O tempo foi passando ele sempre me olhando quando íamos tomar banho ele fazia questão de ficar de rola dura, nossa aquilo me deixa doido, eu saia do banheiro, um dia tomando banho nossa já fazia um bom tempo que eu não dava estava doidinho, ele então ficou de rola dura, eu acabei virando de bunda para ele para eu não olhar aquilo, meu pau e pequeno eu tenho 14 cm, não muito grosso, ele tem 20 cm e muito grosso, cabeçudo, cheio de vergões , ele disse não vai sair logo né, eu disse não entendi, ele disse você sempre foge de mim, quando estou de rola dura, e disse fica só assim de bunda virada para mim que eu vou gozar olhando para ela, sua bunda e muito gostosa, eu também já na auge virei a bunda mais numa posição bem provocante, empinando a bunda para trás, e ensaboava alisando a bunda, o que fiz foi provoca-lo, ele sem que eu esperasse veio e colocou a rola entre as minhas pernas,eu quis sair fora ele no meu ouvido dizia deixa assim só brincar nas pernas, eu acabei relaxando deixei ele ficou fodendo a minhas pernas, nossa eu rebolava, me debruçava mais, com a bunda toda ensaboada, ele beijava as minha costas, e no meu ouvido dizia nossa que delicia, ele foi tentando cutucar eu já sem forças para parar quando dei fé, nossa ele empurrou ela dentro, nossa doeu muito mais o tesão que eu estava era de mais que a dor transformou-se em prazer, senti ele encostar o saco na minha nádegas eu estava com aquilo tudinho lá dentro, ele dizia nossa que delicia, quantos anos eu sonhava em meter neste cu, eu rebolava na rola dele,, o prazer era tanto que acabamos gozando juntos, eu gozei sem mexer no meu pau, nossa foi um dos melhores gozo da minha vida, ele gozou duas vezes dentro, eu não aguentava mais.

Foi maravilhoso, eu conversei com ele pedindo sigilo, discrição, não comentar nada sobre isso, e assim todo serviço nosso a gente fode gostoso, ele mete gostoso mesmo, eu fico vidrado em ver aquela rola preta todinha dentro de mim,, ficamos amantes mesmo, eu chupo a rola dele, ele já gozou na minha boca nossa coisa de louco mesmo, maravilhoso.
Aquilo me proporcionava um prazer inesquecível, como eu disse eu sou casado, minha mulher uma loira bonita, gostosa, pernas bonitas, bronzeada, com a marca do biquini, uma bunda carnuda, saliente, linda mesmo, e adora se mostrar, com roupas curtas, apertadas,, onde mostra bem a bunda,, ela e bem safadinha, curte sexo anal, vaginal, oral, e gosta de meter e bem insaciável, eu comecei a pensar em ver ela metendo com o José Carlos, mais imaginava que ele jamais iria aceitar, um dia nos saímos e bebemos um pouco a mais, já na cama começamos a transar eu já bêbado, fodendo ela, comecei a dizer isso sua puta quenta esta rola preta grossa na boceta, vai geme na rola no negrão, eu senti que ele estava gostando, ela começou a dizer vai negrão fode mesmo esta boceta, fode, e olhando para trás disse-me cade o negrão, vai deixa ele meter na minha boceta vai, e eu metia nela, ela gemendo e dizendo vai negrão, fode gostoso fode, e novamente ela dizia cade o negrão, eu então disse ainda não tenho nenhum negrão, não esperava a resposta dela, ela disse tem sim chama o José Carlos e deixa ele foder a minha boceta, eu então disse ele tem a rola muito grossa, e grande vai te arrombar todinha, ela respondeu e isso mesmo que eu quero ser arrombada, e assim fodemos gostoso, gozamos e acabamos dormindo.
No dia seguinte me fiz de bobo, mais ela não ela tocou no assunto, e perguntou quando vou ser arrombada, eu disse como assim, ela então me relembrou você ontem a noite disse que iria deixar o seu amigo José Carlos me arrombar, eu disse eu estava brincando, ela respondeu com estas coisas não se brinca, eu disse tu tens coragem mesmo, ela disse claro, eu disse isso e uma coisa que depois não tem volta, ele adora meter num cuzinho também, ela disse não tem problema quero ser arrombada mesmo, e assim ficamos de tentar, mais isso e uma outra história que eu conto numa outra oportunidade. espero que tenham gostado.

© 2017 NOVINHOS EM AÇÃO | Todos os direitos reservados